Holograma vai reviver Renato Russo na companhia de Dave Grohl e Slash

Por Herbert Weil (com informações da Folha de S. Paulo)

Programado para junho, um mega-show orçado em R$ 6,2 milhões deve homenagear Renato Russo com projeção realista ao mesmo tempo em que inaugurará o estádio Mané Garrincha, que passa por reforma, em Brasília. Nomes de peso na música nacional e internacional como Caetano Veloso, Maria Gadú, Criolo, Dave Grohl e Slash figuram entre os convidados para o tributo.

“Renato Russo Sinfônico”, como é chamado o evento, está sendo organizado pelo filho e herdeiro do líder da Legião Urbana, Giuliano Manfredini. A intenção é comemorar os 30 anos do surgimento da banda em um local histórico para o conjunto: no Mané Garrincha, a Legião tocou para cerca de 50 mil pessoas em um evento polêmico em junho de 1988. Assim, 25 anos depois, o mesmo estádio volta a receber Renato Russo, mesmo que em forma de holograma.

Da mesma maneira que o rapper americano Tupac (1971-1996) e o cantor brasileiro Cazuza (1958-1990), Renato (1960-1996) será projetado em um holograma no palco. Os produtores esperam gerar uma experiência realista com equipamentos modernos. A empresa responsável pela proeza tecnológica é a mesma que “reviveu” Tupac.

Snoop Dog (à esquerda) ao lado de holograma de Tupac: tecnologia semelhante deve "reviver" Renato Russo

Snoop Dog (à esquerda) ao lado de holograma de Tupac: tecnologia semelhante deve “reviver” Renato Russo

Além do próprio Renato, outros músicos cantarão músicas da Legião. Foram convidados Caetano Veloso, Criolo, Maria Gadú, Dave Grohl (líder do Foo Fighters) e o guitarrista Slash. Uma orquestra sinfônica também está cotada para reproduzir os sucessos da banda.

Tudo isso, como era de se esperar, não deve sair barato. O orçamento inicial divulgado pela produção do show é de R$ 6,2 milhões, dos quais R$ 4,5 serão conseguidos através da Lei Rouanet de incentivo à Cultura, com isenção fiscal. Calcula-se que apenas a produção e exibição do holograma custem R$ 1,5 milhão.

“Inicialmente, o projeto previa a cobrança de ingresso, mas a receptividade por parte de patrocinadores nos dá a certeza de que isso não será mais necessário e as entradas serão gratuitas”, garante a produtora cultural Valéria Marcondes, responsável pelo projeto apresentado ao Ministério da Cultura.

Estádio Mané Garrincha, em Brasília, antes e depois da reforma de quase R$ 1 bilhão prevista para terminar em abril

Estádio Mané Garrincha, em Brasília, antes e depois da reforma de quase R$ 1 bilhão prevista para terminar em abril

São esperadas 50 mil pessoas. Em reforma, o estádio deve ficar pronto até abril, após receber reparos e melhorias de quase R$ 1 bilhão. O governo do Distrito Federal, inclusive, viu no evento uma oportunidade para salientar que o Mané Garrincha não se tornará um “elefante branco” devido à pequena quantidade de competições esportivas na cidade.

Agora é só acompanhar as novidades e comprar a passagem para a capital federal com antecedência pra conseguir aquele preço bacana no voo.

Bora?

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Holograma vai reviver Renato Russo na companhia de Dave Grohl e Slash

  1. Bruno

    quando estiver tudo combinado certinho me avise a hora o dia e o mes certinho , por favor !!!

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s